Posts com Tag ‘France’

FANGE “Poisse” 2014)

Publicado: 23 de abril de 2014 em Noise Rock, Sludge
Tags:, ,


fange

1.Grêle Molle 04:06
2.Cloches Fendues 04:52
3.Ammoniac 04:46
4.Suaire 08:07
5…. 02:15
6.Lucifour 05:46

Download / Buy / Facebook

Por Al Schenkel

Poisse é o primeiro rebento do trio de sludge metal/noise rock francês, FANGE. Lançado em 14 de abril deste ano via Cold Dark Matter Records, o EP de estréia conta com seis faixas e destila influências entre outros de nomes como Melvins, Eyehategod, Crowbar e NIHILIST/ENTOMBED.

O trio surgiu no final de 2013, em Rennes, capital administrativa da região da Bretanha e conta em sua formação com Baptiste Gautier-Lorenzo (bateria), Benjamin Moreau (guitarra) e Jean-Baptiste Lévêque (barulhos e vocal). Fange, em francês significa lama, e como descrito no bandcamp oficial da banda, sua sonoridade é uma experiência suja, massiva e ruidosa, e nada poderia simplificar e ser tão certeiro quanto à proposta sugerida em sua música: este reduto de distorções, feedbacks e crueza em uma estréia completamente corrosiva e desnorteante. 

Anúncios

Death Engine “Amen EP” (2013)

Publicado: 20 de maio de 2013 em Noise Rock, Post-hardcore
Tags:, ,

a3929017174_10

1.No Hope 02:30
2.Dallas 02:38
3.Gun 03:47
4.Amen 07:46

Download / Facebook / Buy

Por Al Schenkel

Gravado ao vivo e mixado pelo produtor/engenheiro Amaury Sauvé em La Senelle, “Amen” é o EP de quatro faixas e estréia da banda francesa de post-metal/noise-rock e post-hardcore Death Engine. O disco pode ser encomendado através dos selos Throatruiner, Basement Apes Industries e North Cult Records, com distribuições a partir de 20 de junho deste ano em tiragens limitadas nos formatos CD e LP.

Contando com as pedradas “No Hope”, “Dallas”, “Gun” e “Amen”, o registro com pouco mais de quinze minutos exala desespero, violência e urgência através de melodias ásperas e angulares que andam rendendo ligações elogiosas em blogues independentes as bandas Playing Enemy, Swans e Amenra. Registro obrigatório para fãs do gênero e uma das obras mais revigorantes do ano.

Death-Engine

Laetitia Sadier “Silencio” (2012)

Publicado: 21 de novembro de 2012 em Bossa Nova, Dream-Pop, Indie Pop
Tags:,

01. The Rule of the Game 5:01
02. Find Me the Pulse of the Universe 2:53
03. Silent Spot 3:00
04. Auscultation to the Nation 4:47
05. There is a Price to Pay for Freedom (and it isn’t Security) 4:22
06. Moi Sans Zach 3:49
07. Between Earth and Heaven 4:08
08. Lightning Thunderbolt 3:16
09. Fragment pour le future de l’homme 4:41
10. Merci de m’avoir donné la vie 4:34
11. Next Time You See Me 2:43
12. Invitation au silence 4:30

Download / Buy

Por Al Schenkel

Após dois anos do lançamento de seu disco de estréia intitulado “The Trip”, a musa francesa de voz aveludada Laetitia Sadier retorna com o belíssimo álbum “Silencio”, segundo disco de sua carreira solo e lançado via Drag City em 24 de julho de 2012.

Pros desinformados, Laetitia é a vocalista do patrimônio franco-britânico Stereolab, banda que permanece em hiato desde abril de 2009 e é responsável pelos clássicos “Peng“, disco de estréia de 1992 e “Emperor Tomato Ketchup“, lançado em 1996.

Com semelhanças ao seu trabalho junto ao Stereolab e mais introspectivo que o antecessor The TripSilencio segue entre alusões políticas e cenários surrealistas, melodias com referências a bossa nova em canções bucólicas e assoviáveis, transbordando lirismo e intimismo e oscilando com perfeição entre o pop e o contemplativo através de cada composição, tendo como plano de fundo o silencio de um vilarejo espanhol onde Sadier concebeu e amadureceu suas ideias. Excelente!