Posts com Tag ‘Germany’

New+York+Rhapsody+haus_arafna_new_york_rhapsody

1. 45 Minutes In New York 4:28
2. God Sows Secrets 3:36
3. Veil 4:31
4. I Did It For You 3:54
5. You Know How To Destroy Me 3:24
6. Give The Strength 2:17
7. Heart Beats Blood Flows 3:38
8. Desecrated 3:51
9. Ground Zero 4:37
10. Poison 3:48
11. Kalt Im Bauch 2:31
12. What You Said 4:35

Download / Facebook

Por Al Schenkel

New York Rhapsody é o quinto álbum de estúdio do duo alemão de música eletrônica/minimalista/post-industrial, Haus Arafna. E apesar de ter sido oficialmente lançado em maio de 2011, “New York Rhapsody” já havia sido estreado em 2009, no New York Fashion Week a pedido da designer de moda, Katie Gallagher.

Formado no início dos anos 90 pelo casal conhecido apenas como Sr. e Sra. Arafna – ou Karl Tochweller e Isabelle Montess – o duo investe em climas sombrios, pessimistas e minimalistas obtidos através de sintetizadores, colagens e vocais gélidos, onde o resultado é uma peça de doze canções que parecem ter sido geradas por pacientes em níveis psicóticos extremos de algum hospital psiquiátrico saído de filmes de terror.

Auto-definida como pertencente ao gênero angstpop – termo criado pela banda industrial australiana, SPK – a discografia do Haus Arafna também conta com os ótimos Blut (Trilogie Des Blutes), estréia lançada em 1995, Children of God, de 1998, Butterfly, de 2003 e You, de 2010, todos disponibilizados através do próprio selo do duo em edições limitadíssimas, o Galakthorrö.

O duo também é responsável pelo projeto paralelo, November Növelet.

Label: Galakthorrö – Galakthorrö 028
Country: Germany
Released: May 2011
Genre: Electronic
Style: Industrial

Camera “Radiate!” (2012)

Publicado: 24 de novembro de 2012 em Experimental, Krautrock, Minimalist
Tags:,

1 E – Go 6:55
2 Villon 4:03
3 Ausland 10:58
4 Lynch 5:52
5 Utopia Is 6:09
6 Rfid 4:57
7 Soldat 7:24
8 Morgen 6:07

Download / Buy

Por Al Schenkel

Gravado ao vivo em estúdio utilizando apenas um par de guitarras, um sintetizador e uma bateria, o trio alemão Camera aposta no krautrock como força motriz para conceber Radiate!, seu primeiro disco de estúdio.

Com roupagem nova sobre o legado deixado pelos conterrâneos Neu!, Faust, Can e Harmonia a banda originária de Berlin formada por Franz Bargmann (guitarra), Timm Brockmann (teclado) e Michael Drummer (bateria) mistura rock, minimalismo e experimentalismo de forma eficaz e costuma expressar sua música espontaneamente e sem permissão em lugares públicos como estações de metrô por exemplo, em shows cheios de improvisação e já tendo contado com participações dos lendários Michael Rother (NEU!, Harmonia) and Dieter Moebius (Cluster, Harmonia).

Lançado em 3 de agosto deste ano via Bureau B, Radiate! é um dos maiores representantes da nova geração de banda influenciadas pelo krautrock não sendo apenas uma cópia mas sim uma continuação e re-interpretação do gênero surgido há cerca de quarenta anos atrás.

01 Your Looks
02 Death Drive
03 All Dead (For The Last 24 Miles)
04 Fall
05 Cinnamon
06 City Lights
07 Deny You
08 New Light
09 Deadened
10 Mirrors

Download / Facebook / Buy

Por Al Schenkel

Doses cavalares de noise, fuzz, microfonias, Psychocandy, Loveless, psicodelia, reverberações e walls of sound pra fã nenhum de A Place To Bury Strangers botar defeito. Assim é Sin And Lostness, debut do trio The Lost Rivers, formado por Phil Wolkendorf (guitarra e vocal), Hell Pilot (baixo) e Izzy (bateria) no estado de Baden-Württemberg, Alemanha no ano de 2006.  Além das semelhanças já citadas a banda traz influências de Spacemen 3, Loop e The Telescopes, contribuindo para este caldeirão de ótimas referências onde a única regra parece ser desafiar os limites máximos suportados pelos amplificadores. Estréia obrigatória e esmagadora.

CD1:
01 – Millionspiel
02 – Waiting for the streetcar
03 – Evening all day
04 – Deadly Doris
05 – Graublau
06 – When darkness comes
07 – Blind mirror surf
08 – Obscura primavera
09 – Bubble rap

CD2:
01 – Your friendly neighboughood whore
02 – True story
03 – The agreement
04 – Midnight sky
05 – Desert
06 – Spoon – Live
07 – Dead Pigeon Suite
08 – Abra cada braxas
09 – A swan is born
10 – The loop

CD3:
01 – Godzilla Fragment
02 – On the way to Mother Sky
03 – Midnight Men
04 – Networks of Foam
05 – Messer scissors fork and light
06 – Barnacles
07 – E.F.S. 108
08 – Private Nocturnal
09 – Alice
10 – Mushroom – Live
11 – One more Saturday night – Live

Download / Buy

Lançado em 18 de junho deste ano, The Lost Tapes é um box contendo três CDs com materiais inéditos, trilhas sonoras para TV e rádio, sobras de estúdio, improvisações e canções ao vivo gravados entre 1968-1977 pela banda alemã Can. Apesar do título, as fitas não estavam perdidas conforme explica Irmin Schmidt: “Obviamente, as fitas não estavam realmente perdidas, mas foram deixados nos armários de arquivos do estúdio por tanto tempo que todos se esqueceram delas.” O box, compilado a partir de cerca de 50 horas de gravações traz a tona um tesouro de valor e importância inestimáveis, dando segmento ao legado deixado por Holger Czukay, Michael Karoli, Jaki Liebezeit e Irmin Schmidt, além de Malcolm Mooney e Damo Susuki. Enfim, The Lost Tapes não vem a ser apenas uma peça qualquer esquecida e trazida a luz mas sim um item obrigatório na discografia desta que foi uma bandas mais excepcionais que o mundo já ouviu.